Ir direto para menu de acessibilidade.

SEI!  |  WEBMAIL | INTRANET

Campus SP > O Campus > Sobre o Campus
Início do conteúdo da página

Sobre o Campus

Publicado: Terça, 22 de Maio de 2018, 08h19 | Acessos: 224749

O Campus São Paulo da Universidade Federal de São Paulo (CSP/Unifesp) integra duas Unidades Universitárias – Escola Paulista de Medicina (EPM) e Escola Paulista de Enfermagem (EPE).

logos EPM e EPEA Escola Paulista de Medicina - EPM, criada em 1933 e, posteriormente, a Escola Paulista de Enfermagem - EPE, em 1939, têm contribuído de forma relevante para os avanços das ciências, para a formação de profissionais de saúde e pesquisadores e para a excelência da assistência à saúde, sendo o Hospital São Paulo – nosso Hospital Universitário – referência de alta complexidade para o país.

Ao longo de sua história, a instituição tem desempenhado importante papel na formulação e implantação de importantes políticas públicas nas áreas da educação e da saúde. Reconhecida, em 1994, como universidade federal, passou então a ser denominada Universidade Federal de São Paulo.

O Campus São Paulo estabeleceu-se como tal, com sua diretoria acadêmica e as diretorias das duas Escolas que o compõem, a partir da promulgação do Estatuto da Unifesp de 2011, após amplo processo de expansão da Unifesp ocorrido na década anterior, e da mudança da Reitoria e de suas estruturas da administração central para instalações próprias. O Campus São Paulo é, portanto, um campus novo, trazendo na sua constituição a história de mais de 80 anos da Escola Paulista de Medicina e da Escola Paulista de Enfermagem.

A diretoria acadêmica do CSP/Unifesp é voltada à administração e infraestrutura, e as diretorias das Unidades Universitárias têm atribuições acadêmicas e de atividades finalísticas. Essas diretorias mantem constante diálogo, quando necessário envolvendo a superintendência do Hospital São Paulo/Hospital Universitário da Unifesp (HSP/HU Unifesp), em sinergia para que as atividades de ensino, pesquisa e extensão sejam realizadas com excelência.

areas do conhecimentoAs duas Escolas do Campus São Paulo congregam aproximadamente 1550 alunos em sete cursos de graduação:

  • Escola Paulista de Medicina
    • Biomedicina
    • Fonoaudiologia
    • Medicina
    • Tecnologia Oftálmica
    • Tecnologia em Informática em Saúde
    • Tecnologia em Radiologia
  •  Escola Paulista de Enfermagem
    • Enfermagem

Em relação à pós-graduação stricto sensu, a EPM e a EPE têm 36 programas de pós-graduação que oferecem mestrado, doutorado e mestrado profissional, nos quais estão inscritos cerca de 2.800 alunos. Na área de extensão, são oferecidos cursos de pós-graduação lato sensu em diferentes modalidades - em 2019, foram 47 cursos de Extensão (carga horária inferior a 180h), 4cursos de Aperfeiçoamento (carga horária inferior a 360 horas), 100 cursos de Especialização (carga horária maior que 360h) e 90 eventos. Vale ressaltar a excelência e magnitude dos programas de residência médica e a multiprofissional em saúde (respectivamente com 96 e 9 programas), com aproximadamente 1400 residentes.

As atividades da EPM e da EPE ocorrem em cerca de 115 imóveis do campus, dentre os quais edifícios de grande porte e complexidade, como os que albergam as atividades de pesquisa científica: Edifício Antonio C. M. Paiva (Edifício de Ciências Biomédicas), Edifício Horácio K. Melo (Edifício de Pesquisa I), Edifício Nestor Schor (Edifício de Pesquisa II), Edifício Ribeiro do Valle (Infar); Edifício Leal Prado. Destaque-se, ainda, a presença do Hospital São Paulo, o Hospital Universitário (HU) da Unifesp. Inaugurado em 1940, foi o primeiro hospital-escola do país construído com essa finalidade.

 

Há, também, diversos Laboratórios Didáticos: cinco multiuso e dois departamentais no Edifício Octávio de Carvalho; dois no Edifício Lemos Torres; Laboratório de Anatomia no Edifício Leitão da Cunha; Laboratório de Técnica Operatória; três Laboratórios de Informática (Edifício Octávio de Carvalho, Departamento de Informática em Saúde e EPE). Em 2020, o campus conta com 26 salas de aulas e anfiteatros sob gestão da diretoria do Campus, 37 sob responsabilidade de departamentos acadêmicos e das diretorias da EPM e EPE, além de salas e anfiteatros do Hospital São Paulo.

 

Em relação ao quadro de pessoal, são pouco mais de 600 docentes nas suas Unidades Universitárias e cerca de 750 técnico-administrativos em Educação.

Vinculado ao Campus São Paulo, e em funcionamento desde 2011, a Unidade de Extensão Universitária de Santo Amaro busca atender às demandas dos moradores da zona sul do município de São Paulo, no âmbito da qualificação profissional e do aprimoramento cultural.

A distribuição física das atividades acadêmicas em numerosos imóveis no campus traz um desafio suplementar aos gestores, que é planejar formas mais efetivas do uso de espaço promovendo colaborações e convergência do conhecimento. Neste sentido, em 2019 foi aprovado o Plano Diretor de Infraestrutura do Campus São Paulo, que, além de propor novas edificações para qualificação dos espaços para as atividades acadêmicas, inclui áreas de convívio e lazer para a comunidade universitária e a população que mora, trabalha e estuda na região e propostas para melhorias do entorno universitário.

 

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Categoria:

Eventos UAPI

I Seminário sobre Longevidade e Envelhecimento Saudável Saiba mais: ...

Logo UAPI

A Universidade Aberta para as Pessoas Idosas do Campus São Paulo da UNIFESP teve seu início em...

Equipe UAPI

Profa. Dra. Claudia AjzenPsicólogaEspecialista em Gerontologia - DIGG / UnifespEspecialista em Educação...

Contato UAPI

Endereço: Rua Botucatu, 740 - 5º andar Contato: Claudia Ajzen E-mail: O endereço de e-mail address...

Fim do conteúdo da página