Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Unifesp conquista quatro condecorações no Prêmio Capes de Tese - 2022

Publicado: Quinta, 11 de Agosto de 2022, 16h55 | Acessos: 14042

O Prêmio é outorgado anualmente em reconhecimento às melhores teses de doutorado aprovadas nos cursos de pós-graduação

Ouça acima o conteúdo deste artigo.

tese 2022 premio

Por Loane Carvalho

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) conquistou quatro condecorações no Prêmio Capes de Tese, sendo duas menções honrosas. O resultado da premiação promovida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior foi divulgado nesta quinta-feira, 11 de agosto, no Diário Oficial da União (DOU), e elenca dois estudos desenvolvidos nos Programas de Pós-Graduação da Escola Paulista de Medicina (EPM) e um na Escola Paulista de Enfermagem (EPE) - Unidades Universitárias do Campus São Paulo (CSP/Unifesp). No total, 49 trabalhos foram premiados e outros 96 receberam menção honrosa.

Prêmio Capes de Tese - Edição 2022

Marina Roizenblatt recebeu o reconhecimento na área de Medicina III pela tese External factors related to hand dexterity analyzed by an ophthalmic microsurgical simulator: principles for improving skills in vitreoretinal surgery, sob a orientação de Maurício Maia, do Programa de Pós-graduação em Oftalmologia e Ciências Visuais da EPM. Já Laís Mariano Zanin foi reconhecida na área de Nutrição pelo trabalho The interplay between food handlers and food safety culture: assessment strategies and educational actions to the proactive evolvement, sob orientação de Elke Stedefeldt, do Programa de Pós-graduação em Nutrição da EPM.

Menções Honrosas - Prêmio Capes de Tese - Edição 2022

A pesquisadora Larissa Perez Pardo foi destaque na área da Enfermagemcom a tese Níveis de marcadores de hemólise de concentrados de glóbulos vermelhos administrados por bombas de infusão por seringa segundo marca, velocidade de infusão e comparação com dispositivos de controle manual de fluxo, sob orientação de Mavilde da Luz Gonçalves Pedreira e co-orientação de Lyvonne Nicole Tume, do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da EPE.

No campo Interdisciplinar, a tese Desenvolvimento de processos químicos sustentáveis para extração de carotenoides de Bactris gasipaes: aplicações tecnológicas e nutricionais, de Leonardo Mendes de Souza Mesquita, orientado por Veridiana Vera de Rosso e coorientado por Luciana Pellegrini Pisani, do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências da Saúde do Campus Baixada Santista da Unifesp.

Sobre o prêmio

O Prêmio Capes de Tese reconhece os melhores trabalhos de conclusão de doutorado defendidos em programas de pós-graduação brasileiros de acordo com os seguintes critérios: originalidade do trabalho, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato. Criado em 2005 e entregue pela primeira vez em 2006, ele abrange todas as áreas de conhecimento que têm um representante na avaliação da pós-graduação stricto sensu. Um dos objetivos da iniciativa é aumentar a visibilidade das ações positivas e indutoras da Capes na pós-graduação brasileira.

 

 

 

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Categoria:

Ieda Maugéri: conheça a trajetória da docente que dedicou 45 anos de trabalho à Unifesp

Conselho do campus São Paulo da Unifesp presta homenagem à professora Ieda com lembranças, palavras de...

Docente da EPM/Unifesp participa da 30ª Conferência Sanitária Pan-Americana

Foi a primeira participação do anestesiologista da EPM

Enfermaria do HSP/HU/Unifesp recebe nome de docente da EPM

Era um dos professores mais queridos da instituição

Uma breve viagem no túnel do tempo...

Disciplina de Anatomia preserva relógio centenário, entre outras relíquias

Fim do conteúdo da página