Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > NOTÍCIAS > Professor da EPM/Unifesp é o cardiologista do ano
Início do conteúdo da página

Professor da EPM/Unifesp é o cardiologista do ano

Publicado: Sexta, 07 de Julho de 2017, 12h10 | Acessos: 2177

Antonio Carlos Carvalho recebe homenagem da Socesp pelo conjunto de sua carreira

Por Loane Carvalho

Professor titular da Disciplina de Cardiologia da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp), Antonio Carlos de Camargo Carvalho, foi escolhido como o cardiologista do ano pelas Diretorias do XXXVIII Congresso de Cardiologia do Estado de São Paulo e da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp).

Professor cardio1

A placa de homenagem foi entregue por Ibraim Masciarelli, presidente da Socesp

Carvalho inseriu o Brasil em grandes estudos internacionais e muitos deles definiram as condutas cardiológicas válidas na atualidade. Foi responsável por implantar uma série de novidades no serviço de cardiologia da EPM, como a criação de diversos setores de subespecialidades, entre eles cardiopatias congênitas, cardiomiopatias e transplantes cardíacos.

O docente é um dos responsáveis pela incorporação da Cardiologia brasileira no cenário internacional, especialmente na Cardiologia americana e europeia, desde a década de 1990.

Além de orientar um grande número de alunos de pós-graduação e doutorado, fomentou e desenvolveu profissionais em praticamente todas as áreas da Cardiologia, inclusive com participação direta na criação e no desenvolvimento de novas extensões.

O Hospital São Paulo, hospital universitário da Unifesp (HSP/HU-Unifesp), um dos pioneiros em transplante cardíaco, é referência nacional no tratamento das síndromes coronárias agudas em partes graças aos trabalhos do cardiologista. 

Professor cardio2

* Rafael Beserra - crédito das fotos

Categoria:

Novembro azul: "Ela têm próstata"

O Clube do Saber trará pílulas do conhecimento neste mês

Seus ossos não fazem parte de um quebra-cabeça

Previna-se contra a osteoporose

Outubro Rosa e o autocuidado

Faça os exames de rotina e, na dúvida, busque um especialista

Fim do conteúdo da página