Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Acontece > Doar sangue, um gesto que salva vidas. Seja solidário(a).
Início do conteúdo da página

Doar sangue, um gesto que salva vidas. Seja solidário(a).

Publicado: Quarta, 27 de Outubro de 2021, 13h05 | Acessos: 29562

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou (11) 5576-4240 opção 1 - das 9h às 17h para agendar. Aos sábados, não precisa agendar, comparecer das 8h às 13h.
Endereço: Rua Dr. Diogo de Farias, 824 - Vila Clementino - São Paulo.

Obs.: O café da manhã não exige intervalo, mas é preciso esperar 2 horas depois do almoço para doar.

 

grupos sanguíneos elaborado por  sthar

Clique aqui e conheça a Cartilha com orientações sobre a Doação de Sangue - elaborada por colaboradores do Hemocentro Unifesp, Hospital São Paulo, hospital universitário da Universidade Federal de São Paulo (HSP/HU Unifesp) e Unifesp.

 

giphy preview 1

Pré-requisitos para ser doador de sangue (Fonte: Ministério da Saúde)

  • levar documento de identidade com foto e órgão expedidor;

  • estar em boas condições de saúde;

  • ter entre 16 a 69 anos de idade (de 16 a 17 anos com autorização do responsável legal);

  • idade até 60 anos, se for a primeira doação;

  • intervalo entre doações de sangue de 90 dias para mulheres e 60 dias para homens;

  • pesar mais do que 50 kg;

  • não estar em jejum;

  • após o almoço ou jantar, aguardar pelo menos 3 horas;

  • não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

  • não ter tido parto ou aborto há menos de 3 meses;

  • não estar grávida ou amamentando;

  • não ter feito tatuagem ou maquiagem definitiva há menos de 12 meses;

  • não ter piercing em cavidade oral ou região genital;

  • não ter feito endoscopia ou colonoscopia há menos de 6 meses;

  • não ter tido febre, infecção bacteriana ou gripe há menos de 15 dias;

  • não ter fator de risco ou histórico de doenças infecciosas, transmissíveis por transfusão (hepatite após 11 anos, hepatite b ou c, doença de chagas, sífilis, aids, hiv, htlv i/ii);

  • não ter visitado área endêmica de malária há menos de 1 ano;

  • não ter tido malária;

  • não ter diabetes em uso de insulina ou epilepsia em tratamento;

  • não ter feito uso de medicamentos anti-inflamatórios há menos de 3 dias (se a doação for de plaquetas).


  

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Categoria:

Fim do conteúdo da página