Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Sentimento de gratidão e orgulho marcam cerimônia de abertura do WebHall EPM

Publicado: Quinta, 13 de Agosto de 2020, 21h31 | Última atualização em Quinta, 13 de Agosto de 2020, 21h59

 

Por Loane Carvalho

A cerimônia de abertura do I Congresso WebHall EPM – Em Tempos de Covid-19, promovido pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), foi marcada por discursos de gratidão e de orgulho. O evento ocorrido na manhã de 12 de agosto, no Anfiteatro Leitão da Cunha, trouxe palavras de carinho e reflexão dos membros da mesa e dos representantes das áreas homenageadas.

A fala inicial ficou sob responsabilidade de Manoel Girão, diretor da EPM e presidente do Congresso, seguido por Walter Albertoni, professor titular do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da EPM e patrono da WebHall, Soraya Smaili, reitora da Unifesp e presidente de honra da WebHall e Gilberto Natalini, vereador da Câmara Municipal de São Paulo e egresso da EPM.

Girão destacou o objetivo da solenidade, transmitida online no canal da EPM no YouTube, em seu discurso. “Diante do cenário atual, veio a percepção de qual seria o papel da academia, o papel de uma escola médica na disseminação do conhecimento. Como colaborar, concentrando as informações e as discussões de uma maneira correta, organizada, com evidência cientifica, e que pudesse dar uma resposta para a nossa sociedade de qual o papel que nós desempenhamos para ela neste momento.”

O diretor da EPM apresentou os quatro eixos principais do Congresso, a saber: 1) A organização das especialidades da área da saúde; 2) Como se organizou o Hospital São Paulo, hospital universitário da Unifesp (HSP/HU Unifesp), no atendimento à população; 3) A organização da pesquisa; 4) Discutir o ensino, como introduzir novos métodos de ensino aos profissionais da saúde, como utilizar as novas tecnologias. E, por fim, enalteceu o sentimento de orgulho em estar à frente deste evento. “Quero deixar registrado que tenho um orgulho muito grande por essa escola. Em menos de dois meses, a força da Escola Paulista de Medicina está demonstrada neste evento. Uma força que permitiu em tão pouco tempo criarmos uma estrutura que nos permitiu estar aqui juntos, um temário que dá muita satisfação de olhar. É um orgulho por ser epemista, e que a EPM continue no coração e na mente de todos nós.”

O desafio à ciência e o posicionamento de vanguarda da EPM foram destacados por Albertoni. “Neste contexto de pandemia, a nossa instituição aparece em posição de vanguarda cientifica e assistencial das mais expressivas. Os nossos médicos e cientistas, juntamente com todos os profissionais da saúde da EPM e do HSP, tem desempenhado um trabalho brilhante e competente, com o intuito de minimizar o sofrimento da nossa população. E, tivemos desde o início desta tormenta, uma posição de coragem, solidariedade e competência.”

Palavras de agradecimento aos membros organizadores e aos profissionais da saúde fizeram parte do discurso proferido por Soraya Smaili. “Me sinto honrada por ser presidente de honra deste congresso. A força e o vigor com o qual a Escola Paulista de Medicina atuou e vem atuando são exemplos no nosso país e nós estamos atendendo a sociedade em todas as suas necessidades: na assistência, no ensino e produzindo respostas por meio da ciência e das evidências cientificas.”

Médico formado pela EPM, Natalini abordou sua trajetória como egresso epemista. “Eu sou filho desta casa, fui trabalhar fora, mas nunca abandonei a minha casa. Estou de volta sempre que posso e procuro ajudar esta instituição. A EPM é uma honra, é um brilho para todos que aqui estudaram, estudam, trabalham, pesquisam, atendem e para todo povo brasileiro. A Escola Paulista de Medicina tem sido um exemplo. Um exemplo impecável na pesquisa, no ensino, no atendimento e neste momento mais ainda."

Confira momentos da homenagem prestada pela Câmara Municipal e pela Escola Paulista de Medicina aos profissionais e áreas da saúde.

 

 

Categoria:

SUS: 30 anos transformando a saúde no Brasil

A Lei 8.080/90 foi sancionada no dia 19 de setembro 

Morre Professor Elisaldo Carlini, um dos maiores cientistas brasileiros

Especialista reconhecido nacional e internacionalmente

Linfomas: importância de um diagnóstico precoce

Fique atento aos sinais e sintomas

Fim do conteúdo da página