Ir direto para menu de acessibilidade.

SEI!  |  WEBMAIL | INTRANET

Início do conteúdo da página

Por que é importante ter um Dia Mundial de Luta Contra o Câncer? 

Publicado: Quarta, 07 de Abril de 2021, 19h34 | Acessos: 4390

Celebração ocorre em 8 de abril

dia mundial combate ao câncerPrimeiramente, porque o câncer, no cenário epidemiológico atual, permanece como a segunda maior causa de morte no mundo. A reversibilidade dessa condição depende de ações de prevenção, de detecção precoce e da oferta de serviços com alta tecnologia agregada, incluindo regimes terapêuticos contemporâneos e mais eficazes para o controle e/ou cura das mais de cem doenças designadas como câncer (1).

Laços símbolos de campanha câncerA importância de celebrar o Dia Mundial de Luta Contra o Câncer, 8 de abril, é demarcada pela necessidade premente de reconhecer que o câncer mata precocemente milhões de pessoas a cada ano, e que movimentos de conscientização e educação sobre o câncer podem gerar mudanças de comportamentos individuais, bem como mobilizar a sociedade para exigir investimentos governamentais eficazes contra a doença (2).

 A luta contra o câncer exige um conjunto complexo e articulado de atividades urgentes em todos os níveis de atenção em saúde!   

 

É um problema inquestionável de saúde pública internacionalmente reconhecido sob diferentes aspectos, incluindo o dos indicadores epidemiológicos, o da complexidade tecnológica e de recursos humanos capacitados para as ações nos níveis primário, secundário e terciário de atenção e do alto custo financeiro incluído nessas ações, além de ser fundamental considerar as múltiplas repercussões individuais e familiares (3).

Os países com rendas mais baixas têm resultados populacionais significativamente piores para o câncer e as pessoas são mais propensas a sofrerem dificuldades financeiras pelo processo de adoecimento, como, por exemplo, gastos extras, perda do trabalho ou renda, e pelas mortes prematuras (até 69 anos), agravando o ciclo da pobreza, inclusive nas gerações subsequentes (3,4).

No mundo e mesmo dentro de um próprio país, como muito apropriadamente pode-se citar o Brasil, têm-se desigualdades sociais marcantes e persistentes, que se refletem no acesso ao rastreamento de diferentes tipos de câncer, ao diagnóstico, ao tratamento e aos cuidados paliativos eficazes. Desconsiderar o impacto do e no sistema de saúde nessa equação é impossível.

 

assistência oncológica no SUS

No Brasil, o paciente com câncer tem direito a tratamento pelo SUS, sistema universal e gratuito de atenção à saúde, considerado o maior programa de inclusão social do mundo. (Crédito: Roche)

 

Assim, o Sistema Único de Saúde (SUS), não efetivamente preparado para a complexidade da assistência oncológica em todos seus níveis de atenção, ainda precisa considerar, para ser efetivo, as vulnerabilidades sociais de seus usuários e as políticas ineficazes de saneamento básico e de distribuição de rendas, acrescidas de iniciativas pouco eficientes de controle de poluição atmosférica e de atividades laborais de risco, além de outros agravos socioecológicos; todos, de certa forma, envolvidos na carcinogênese (5).

 O Dia Mundial de Luta contra o Câncer ganha uma nova dimensão em tempos de Pandemia da Covid-19.

Apesar da ampla orientação dos órgãos reguladores da saúde, nacionais e internacionais, para que nenhum tratamento de doença crônica fosse interrompido, a condição atual de pandemia da Covid-19 certamente agravará o cenário, como já aclamado por algumas projeções que vislumbram prejuízos no rastreamento de vários tipos de câncer, diminuindo incidência de diagnósticos precoces e aumentando a mortalidade por câncer em anos futuros (6,7).

 

várias perguntas

Na contemporaneidade, alguns questionamentos são inevitáveis: Qual o tamanho do represamento diagnóstico de câncer? Qual a perda qualiquantitativa da assistência oncológica para a população do SUS? Quanto será necessário investir em projetos e recursos para mitigar os prejuízos da pandemia da Covid-19 no combate e controle do câncer? exclamação 

Certamente, nunca se fez mais necessário na história recente da humanidade destacar o Dia Mundial de Luta Contra o Câncer!

 

 

Referências

  1. World Health Organization. Projections of mortality and causes of death, 2016 to 2060. Disponível em: https://www.who.int/healthinfo/global_burden_disease/projections/en/.
  2. World Health Organization. WHO report on cancer: setting priorities, investing wisely and providing care for all. Geneva: World Health Organization; 2020. Licence: CC BY-NC-SA 3.0 IGO.
  3. World Health Organization. Chronic Diseases and Health Promotion. World Health Organization, Geneva; 2018. Disponivel em: <http://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/cancer>.
  4. Vaccarella J, Lortet-Tieulent R, Saracci DI, et al. [Eds]. Reducing social inequalities in cancer: evidence and priorities for research. Lyon, France: International Agency for Research on Cancer. IARC Scientific Publications; 168; 2019.
  5. Paulista JS, Assunção PG, Lopes Lima FT. Acessibilidade da população negra ao cuidado oncológico no Brasil: Revisão Integrativa. Rev. Brasileira De Cancerologia [Internet]. 2020;65(4):e-06453.
  6. Paim MDL, Nogueira-Rodrigues A, Fagundes TP, et al. COVID-19 threatens to cause collateral delay in cancer diagnosis. Sao Paulo Med. J. In press 2020.
  7. Galassi A, Augustinho Teixeira TO, De Domenico EBL, et al. COVID-19 Pandemic: preparing to care for patients with cancer from the perspective of low- and middle-income countries. Clinical Journal of Oncology Nursing. 2020 Oct;24(5):586-590. DOI: 10.1188/20.cjon.586-590.

 

edvanePor Edvane Birelo Lopes de Domenico

Professora associada, livre-docente do Departamento de Enfermagem Clínica e Cirúrgica da Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (DECC/EPE/Unifesp). Líder do Grupo de Pesquisa - GEPEBE: Grupo de Estudo em Prática e Educação Baseadas em Evidências, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tutora de Enfermagem do Programa de Residência Multiprofissional em Oncologia do Hospital São Paulo, hospital universitário (HSP/HU Unifesp). Coordenadora do Programa de Extensão Universitária Acolhe-Onco: interdisciplinaridade no cuidado integral ao paciente com câncer. Outras informações, clique aqui.  

 

 

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Categoria:

O que precisamos saber sobre o papel do neurocirurgião?

14 de abril – Dia do Neurocirurgião

Por que é importante ter um Dia Mundial de Luta Contra o Câncer? 

Celebração ocorre em 8 de abril

Nova Diretoria Acadêmica do Campus São Paulo toma posse

Ramiro de Azevedo e Ieda Maugeri assumiram, respectivamente, os cargos de diretor e...

Vamos falar de saúde e qualidade de vida?

Dia Nacional de Mobilização pela Promoção da Saúde e Qualidade de Vida

Fim do conteúdo da página