Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Instalação de dispositivos de telegestão reduz consumo de energia do Edifício de Pesquisas II

Publicado: Quarta, 29 de Maio de 2024, 16h45 | Acessos: 211

Sistema implantado, que integra projeto de mestrado profissional, também diminuiu custos de manutenção do ar-condicionado

EPII portal
Fachada do Edifício de Pesquisas II (foto: Alex Reipert)

A implantação de dispositivos de Internet of Things (IoT) como ferramenta de telegestão em saúde no funcionamento e manutenção do sistema de ar-condicionado central do Edifício de Pesquisas II, localizado no Campus São Paulo da Unifesp, foi responsável por uma economia anual de R$ 116.576,00, sendo R$ 86.000,00 na redução do consumo de energia e R$ 30.576,00 nos serviços de manutenção do ar-condicionado.

Especificamente em relação à economia de energia, o valor representa, aproximadamente, 6,5% da conta total de um ano. Esses números, referentes ao ano de 2021, são resultado de um projeto desenvolvido no Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia, Gestão e Saúde Ocular da Escola Paulista de Medicina (EPM/Unifesp) por Virgílio Gustavo da Silva, que teve coautoria de Aldo Bernardo Barbosa e orientação do professor Vagner Rogério dos Santos.

“Estamos agora concluindo o desenvolvimento de um novo sistema, com a colaboração do Laboratório de Inovação e Tecnologia em Saúde (LITS) e do formando em engenharia mecatrônica e servidor da Unifesp Rodrigo Costa Alves, capaz de medir outras grandezas – como fator de potência, corrente por fases e consumo de energia direta –, que poderá contribuir na gestão e futura modernização de sistemas de média tensão que alimentam os prédios do campus. Esse novo sistema está sendo testado em outros dois prédios: o Edifício de Pesquisas I e o Edifício Lemos Torre”, relata Virgílio.

O conceito de telegestão em saúde por meio de tecnologias IoT – em português, Internet das Coisas – é a interligação dos equipamentos e sistemas do cotidiano à Internet, capaz de levantar dados e gerar informações para auxiliar na tomada de decisões. Leia mais aqui e entenda como funciona o sistema implantado.

 

Fonte: DCI/Unifesp (https://www.unifesp.br/boletins-anteriores/item/6970)

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Categoria:

Unifesp é a terceira melhor universidade federal do Brasil segundo o QS World University Rankings

   Ranking classificou 1.500 instituições do mundo todo

Instalação de dispositivos de telegestão reduz consumo de energia do Edifício de Pesquisas II

Sistema implantado, que integra projeto de mestrado profissional, também diminuiu custos de...

Comunidade e autoridades se reúnem para celebrar os 90 anos da Escola Paulista de Medicina

Simpósio, que discutiu os desafios globais na saúde, encerrou as atividades comemorativas da...

Fim do conteúdo da página