Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Costureiras solidárias produzem EPIs para o Hospital São Paulo

Publicado: Sexta, 19 de Junho de 2020, 12h49 | Acessos: 1041

Já foram entregues milhares de máscaras e aventais à instituição

 CostureirasSolidarias portal 2

Por Denis Dana

Desde o final do mês de março, o Hospital São Paulo, hospital universitário da Universidade Federal de São Paulo (HSP/HU Unifesp), conta com uma importante parceria para obtenção dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) destinados aos profissionais da saúde. Trata-se do grupo Costureiras Solidárias, formado por 283 voluntárias das mais diferentes áreas – engenharia, medicina, educação, jurídica e empresarial, entre outras – que se uniram para fazer a diferença nesse difícil momento de pandemia. A missão: produzir máscaras e aventais para o hospital.

O projeto teve início a partir de um grupo de mães do Centro Educacional Pioneiro. “Uma das mães é médica atuante no HSP e comentou que o hospital precisava muito de máscaras, e que elas poderiam ser costuradas. Foi aí que resolvemos nos unir para essa ação, que logo ganhou adesão de mais voluntárias”, diz a empresária Vivian Yamada, coordenadora geral do projeto.

Pouco mais de dois meses de início da ação, o grupo já entregou 38.043 máscaras e 9.350 aventais à instituição. “Ainda temos matéria prima doada pelo hospital para produzir cerca de 20 mil aventais e máscaras”, destaca Vivian.

Homenagem aos profissionais da linha de frente

O trabalho desenvolvido por essas mulheres extrapolou a costura e chegou às artes ao inserirem as crianças na iniciativa. “Como grande parte do nosso tempo é dedicado ao projeto, nossos familiares também acabam se envolvendo. Dessa forma, surgiu a ideia de incentivar que os filhos das voluntárias produzissem desenhos, expressando o que pensam ou como lidam com o atual momento”, conta Vivian.

A ideia foi muito bem aceita por todas. Crianças de 3 a 16 anos de idade participaram e produziram desenhos emocionantes, cheios de gratidão e de amor. A produção artística foi toda reunida num vídeo, que se transformou em uma bela homenagem aos profissionais que atuam na linha de frente no combate à covid-19.

A coordenadora do grupo diz que, juntas, as famílias produzem uma espécie de combustível para levar um pouco de amor e conforto aos colaboradores do hospital. “Através do projeto, temos a oportunidade de fazer algo em meio ao caos e, de alguma forma, sermos protagonistas de algo para o bem maior.”

CostureirasSolidarias portal 1

 

 

 
Categoria:

Ambulatório de Urologia adota medidas de atendimento durante pandemia

Adaptações foram feitas para atender durante a pandemia de Covid-19

Unifesp é a quinta melhor universidade da América Latina

Instituição subiu uma posição em relação ao ano passado

Mesa discutirá aspectos da saúde mental

Debate abordará relação entre saúde mental no contexto da atual pandemia

Agende as palestras do Congresso Acadêmico Unifesp 2020

Plataforma de agendamento está disponível no novo site do evento

Fim do conteúdo da página