Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Nota Técnica – 31 - Campus São Paulo - Unifesp

Publicado: Sábado, 16 de Abril de 2022, 22h35 | Acessos: 9510

Orientações de Afastamento das Atividades (Isolamento) para Trabalhadores de Saúde e Estudantes no Atual Cenário Epidemiológico Campus São Paulo – Unifesp 

 
São Paulo, 16 de abril de 2022 
 
No atual cenário epidemiológico da covid-19 causadas pelas variantes XE, ômicron, subvariantes BA.1, BA.2, todas já identificadas no Brasil, elaboramos as recomendações a seguir para o afastamento das atividades (isolamento) dos trabalhadores de saúde e dos estudantes do Campus São Paulo, Unifesp. Essas recomendações não se aplicam a pacientes que seguem recomendação específica da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do HSP-SPDM-Unifesp.   
 
De forma geral, os trabalhadores da saúde e estudantes do Campus São Paulo, assintomáticos, que tiveram exposição sem proteção a casos de covid-19, não precisam de restrição do trabalho ou das atividades de ensino se estiverem em dia com todas as doses recomendadas da vacina para covid-19 e não desenvolverem sintomas. Porém, devem manter rigorosamente as medidas de proteção, especialmente o uso de máscara e a higiene das mãos. Estamos acompanhando as informações científicas e atualizações adicionais das notas técnicas serão fornecidas à medida que mais informações estiverem disponíveis.  
 
O afastamento das atividades e isolamento dos trabalhadores da saúde que evoluem com síndrome gripal, casos leves e moderados de covid-19, deverá ser feito por 7 (sete) dias, desde que apresentem melhora dos sintomas respiratórios e sem febre há pelo menos 24 horas e sem o uso de antitérmicos. 
 
Os trabalhadores assintomáticos com teste diagnóstico positivo deverão ficar afastados das atividades profissionais em isolamento por 7 (sete) dias.  
 
Contatantes assintomáticos de casos positivos para covid-19 deverão manter suas atividades, utilizando rigorosamente a máscara e realizando a higiene das mãos. Embora essas medidas sejam obrigatórias em todos os ambientes do Campus São Paulo, o contatante assintomáticos deve ter maior atenção às medidas de segurança, mesmo fora do ambiente do Campus São Paulo, pois poderá iniciar os sintomas da doença e transmiti-la até 14 dias do último contato desprotegido, período máximo de incubação da covid-19. O uso da máscara tem grande importância nesta situação, pois bloqueia a excreção de gotículas durante a fala, espirros e tosse.  
 
Em todas as situações, as medidas de prevenção devem ser mantidas rigorosamente, principalmente o uso de máscara, higiene das mãos com frequência, evitar aglomerações e manter os ambientes bem ventilados. 
 
fluxograma nota31
fluxograma nota31 2
 
 
 
Atualização do fluxograma de atendimento a casos expostos, suspeitos ou confirmados. Versão 05 de 16 de abril de 2022. Comissão de Controle de Infecção Hospitalar - HSP e Comitê de Enfrentamento a Covid-19 do HSP/SPDM e Comitê de Retorno Seguro do Campus São Paulo, Unifesp.

1. NASF: Núcleo de Assistência à Saúde do Funcionário

Rua Napoleão de Barros, 892
Tel/WhatsApp: (11) 3385-4143
Segunda à Sexta-Feira
7:00 às 19:00h.
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

2. SSCD (Serviço de Saúde do Corpo Discente)

Rua Estado de Israel, 192
Tel: (11) 5576-4848 Ramal: 2527
Segunda à Sexta-Feira
7:30 às 16:00h.
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

3. Local de Coleta
Rua Varpa, 36

Só serão coletados exames de RT-PCR com pedido médico do NASF ou SSCD. É obrigatório avaliação dos respectivos serviços, de acordo com a categoria profissional, para todos os sintomáticos.

Referências

1. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de vigilância epidemiológica: emergência de saúde pública de importância nacional pela doença pelo coronavírus 2019 - covid-19 / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde - Brasília: Ministério da Saúde, 2022. 131 p: il.

2. Centers for Disease Control and Prevention. Ending Isolation and Precautions for People with Covid-19: Interim Guidance. Update Jan. 14, 2022. Disponível em: https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/hcp/duration-isolation.html
 
 
Enfatizamos a importância de manter as medidas de prevenção contra a Covid-19 em todo o Campus São Paulo:
 

1. Todos os frequentadores do Campus São Paulo devem estar com a vacinação para covid-19 atualizada com três doses. Não deixe de atualizar a vacinação e apresentar o seu certificado ao órgão de vínculo!

2. O uso de máscara continua obrigatório em todos os ambientes do Campus São Paulo, não tirem a máscara durante as atividades;

3. No refeitório e restaurantes, o horário de almoço deve ser reduzido ao mínimo necessário para realizar a refeição. Manter o distanciamento entre as pessoas. Durante a refeição não converse, pois você estará sem máscara;

4. Higienize as mãos com frequência com água e sabão ou álcool-gel;

5. Evite aglomerações!

6. Mantenha limpo seu ambiente de trabalho como teclado, mesa etc.;

7. Não venha trabalhar se tiver febre (>37,8°C) ou sintomas gripais (coriza, tosse, falta de ar, dificuldade de respirar) dor de garganta, perda ou diminuição do olfato, alteração do paladar.
 

Se apresentar sintomas de síndrome gripal, procure o Serviço Médico dos Alunos ou dos Funcionários para orientação e conduta.

Todos estamos empenhados para que o retorno das atividades presenciais seja um sucesso e, neste momento, é fundamental que os alunos sigam rigorosamente as medidas de prevenção.

Comitê de Retorno Seguro do Campus São Paulo - Unifesp
Comitê de Enfrentamento da Covid-19 do HSP - Unifesp 
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Categoria:

Inscrições Subcomissão de Desenvolvimento

Prazo até 25 de junho

Central de Serviços e Suporte (CSS) de TI entra em operação hoje, dia 20 de junho

Participe da live, dia 20 de junho às 15h 

Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

Você conhece as principais formas de violência contra a pessoa idosa?

Fim do conteúdo da página