Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > SOBRE > Apresentação
Início do conteúdo da página

Apresentação

Publicado: Quinta, 15 de Agosto de 2019, 12h49 | Acessos: 987

three 1312869 1280— De sua formosura
já venho dizer:
é um menino magro,
de muito peso não é,
mas tem o peso de homem,
de obra de ventre de mulher.

— De sua formosura
deixai-me que diga:
é uma criança pálida,
é uma criança franzina,
mas tem a marca de homem,
marca de humana oficina.

— Sua formosura
deixai-me que cante:
é um menino guenzo
como todos os desses mangues,
mas a máquina de homem
já bate nele, incessante.

— Sua formosura
eis aqui descrita:
é uma criança pequena,
encrenque e setemesinha,
mas as mãos que criam coisas
nas suas já se adivinha.

João Cabral De Melo Neto - Morte e Vida Severina, 1955


Os avanços das ciências, sobretudo do século XX, determinaram mudanças significativas no perfil de morbidade e de mortalidade das populações de todos os países do mundo. Em decorrência desses avanços, sobretudo na Biologia, Genética e Imunologia, as últimas décadas foram marcadas pelo desenvolvimento de novas abordagens na prevenção, diagnóstico e tratamento de muitas doenças. Conceitos de saúde, doença e vida permanecem em debate, e o equilíbrio entre a objetividade das Ciências Biológicas e as dimensões socioculturais e da subjetividade das pessoas, presentes também em todo esse processo, constitui um caminho sempre a percorrer. A contribuição das Ciências Humanas na investigação de problemas de saúde permitiram melhor compreensão e ampliaram as possibilidades de atuação diante das complexas questões da contemporaneidade. Sentimentos e valores dos pacientes, de seus familiares e dos profissionais estão envolvidos para a tomada conjunta de decisões, estabelecendo uma relação dialógica e de reconhecimento do outro como sujeito.

Nesse contexto, a Pediatria apresenta, adicionalmente, algumas particularidades, por exemplo, o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento; as mudanças e especificidades observadas do recém-nascido à adolescência; a relação médico-paciente, que inclui quase sempre a mediação do adulto; as diferentes linguagens que compõem a comunicação. No Brasil, é reconhecida a histórica articulação e contribuição da Pediatria nos serviços públicos de saúde, seu papel na elaboração de políticas públicas, sua abertura à incorporação de conceitos e preocupações do campo da saúde coletiva, em especial ao princípio da integralidade na atenção à saúde.


A Disciplina de Pediatria Geral e Comunitária do Departamento de Pediatria da Escola Paulista de Medicina desempenha suas atividades de ensino, pesquisa, extensão e assistência à luz do entendimento da Saúde enquanto Direito Social, colocando-se firmemente na defesa do Sistema Único de Saúde (SUS). Dessa forma, atua no reconhecimento da criança e seus familiares como sujeitos de direito e participantes ativos no processo de atenção à saúde, com respeito a particularidades, diferenças culturais e histórias de vida. 

Atualmente, a Disciplina é composta por três setores:

ped titulo     eim titulo    sment titulo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 
Categoria:

Ex-membros

Aqueles que sempre farão parte da Disicplina!

Breve Histórico

Um pouco da história da Disciplina de Pediatria Geral e Comunitária

Artigos Científicos

Publicações em periódicos

Livros

Literatura médica

Fim do conteúdo da página