Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > NOTÍCIAS > Engenhosidade sustentável: máquina de reciclagem de plástico PET transforma resíduos na Unifesp
Início do conteúdo da página

Engenhosidade sustentável: máquina de reciclagem de plástico PET transforma resíduos na Unifesp

Publicado: Quinta, 01 de Fevereiro de 2024, 01h36 | Acessos: 682

Iniciativa visa promover a reciclagem de plásticos e a produção de próteses por meio de uma máquina construída com materiais reciclados

No âmbito da reciclagem de plásticos, é importante destacar que existem diversos tipos, cada um com suas características específicas. Entre os mais comuns estão o PET, utilizado em garrafas de refrigerante e água; o PEAD, presente em embalagens de produtos de limpeza e detergentes; o PVC, comumente encontrado em tubos e conexões; o PEBD, empregado em sacolas plásticas; o PP, utilizado em potes de margarina e embalagens de alimentos; o PS, presente em copos descartáveis e bandejas de isopor; além de outros tipos menos comuns.

tipos de plásticoFonte: Quais são os tipos de plásticos recicláveis?

A máquina de reciclagem construída pela Serralheria da Engenharia do Campus São Paulo da Unifesp, sob a orientação dos senhores Edilson Carlos Brum da Silva e Nizaldo Souza, é uma verdadeira inovação. No momento, esta máquina tritura o plástico das garrafas PET, representando um passo crucial para a reciclagem dentro do campus. Embora a etapa de extrusão para a produção de filamentos de impressoras 3D ainda esteja em desenvolvimento, o processo atual já contribui significativamente para a preservação do meio ambiente ao reciclar plástico PET. Ao transformar garrafas PET em resíduos triturados, a máquina não apenas estabelece as bases para futuras iniciativas de reciclagem, mas também demonstra o compromisso da Unifesp em abordar questões ambientais e promover a sustentabilidade dentro da comunidade universitária.

engenharia
Edilson Carlos Brum da Silva e Nizaldo Souza da Engenharia do Campus São Paulo (?Paulo Freire)

A iniciativa é parte da Oficina de Inovação Tecnológica e Impressão 3D do LABDIS, localizado no Departamento de Informática em Saúde da Escola Paulista de Medicina. Com o uso desses filamentos reciclados, a impressora 3D da Unifesp pode criar peças e moldes de próteses e órteses para os pacientes do Complexo Hospitalar da EPM, proporcionando soluções acessíveis e sustentáveis para necessidades médicas.

labdis
Equipamentos do LABDIS (?Paulo Freire)

Além disso, a máquina foi construída com materiais reciclados, o que não apenas reforça o compromisso da Unifesp com a sustentabilidade, mas também demonstra a engenhosidade e a criatividade da comunidade acadêmica em transformar desafios em oportunidades de impacto positivo.

Para mais informações sobre essa iniciativa pioneira, os interessados podem contatar o Prof. Dr. Paulo C. B. Freire (e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.). A máquina de reciclagem e a Oficina de Inovação Tecnológica e Impressão 3D estão localizadas no Edifício José Leal Prado, térreo, ALA II, dentro do DIS, e estão abertas diariamente durante o horário comercial.

 

LABDIS - UNIFESPLABDIS

O Laboratório de Criatividade, Empreendedorismo e Inovação (LABDIS) é uma iniciativa do Departamento de Informática da Escola Paulista de Medicina (EPM) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). É um espaço que visa promover a colaboração entre professores, estudantes, pesquisadores e profissionais da saúde para a realização de experimentos, condução de análises, coleta de dados e desenvolvimento de projetos de pesquisa. Dessa forma, o LABDIS atua como um espaço que possibilita que as ideias saiam do papel e transformem-se em soluções que possam impactar a sociedade, com foco nas necessidades e demandas da área da saúde, capacitando os participantes com habilidades empreendedoras e estimulando o pensamento criativo por meio de processos e metodologias adequadas à solução de problemas complexos.

Dentro das instalações do LABDIS, que ocupa o andar térreo do Edifício José Leal Prado (Ala II), há duas salas para as aulas teóricas, equipadas com doze computadores, e a Oficina de Inovação Tecnológica e Impressão 3D destinada para as aulas práticas. Dentro desta oficina há impressoras 3D, estufa, câmara de vácuo, balanças, bancada de ferramentas, e demais equipamentos para trabalho de modelagem e prototipagem. Estas instalações ocupam aproximadamente 100 metros quadrados e contam com cabeamento de rede e acesso à internet, além de duas salas de apoio e copa.

 

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 
Categoria:

Café: o combustível secreto do profissional de tecnologia

Como o café impulsiona a produtividade e a concentração dos profissionais de TI 

Estudo mostra possibilidade de proteção prévia contra o coronavírus em mamíferos

Pesquisa revela potencial de defesa cruzada contra o coronavírus em animais

Laboratório LABDIS da EPM/Unifesp é aprovado para cadastro na Plataforma Nacional de Infraestrutura de Pesquisa

Conquista possibilita acesso a recursos e parcerias estratégicas

Tecnologia e Autismo: avanços promissores para uma inclusão efetiva

Como aplicativos, realidade virtual e dispositivos vestíveis estão transformando a vida das...

Fim do conteúdo da página